Pr. Nilton Antonio de Suza
Dir. geral da CBC

Neste tempo de “JUNTOS PELA TRANSFORMAÇÃO DO RIO”, calcados no desafio de Jr 29.7 “Trabalhem pela paz da cidade… Orem por ela ao Senhor, pois a prosperidade de vocês depende da prosperidade dela”, vejamos alguns pedacinhos dessa história: sua origem, atual e perspectivas futuras:

A CBC foi organizada em primeiro de janeiro de 1905, no templo da PIB Rio de Janeiro, com o nome de Sociedade Missionária Batista do Rio, com as seguintes igrejas representadas: PIB Rio, PIB Niterói, IB Engenho de Dentro (hoje, SIB Rio de Janeiro), IB Santa Cruz (hoje PIB. Campo Grande), IB Paraíba do Sul, IB Sapucaia, IB Peão e IB Barão de Aquino.

Pela proximidade, as igrejas do Estado do Rio uniram-se às da Capital (DF). As restantes uniram-se à Associação Batista Fluminense, organizada em 1907. É colocada no Estatuto a seguinte expressão: “Fica resolvido que a Sociedade não se comporá de indivíduos, mas de igrejas”.

O Jornal Batista do dia 30.12.1904 já informava que “… esta auspiciosa data será um marco na história da evangelização pátria. Oito igrejas formam parte da Sociedade Missionária, das quais, a maior delas, é bem fraca, segundo as coisas do mundo, mas estas pequenas igrejas dão começo a uma obra que, em tempos futuros, será uma obra colossal, como pequena é a nascente do Amazonas, mas quando deságua no oceano, faze-o recuar algumas léguas, tal a sua força e o volume de suas águas”.

No JB de 10.01.1905, fala que a primeira diretoria foi eleita por aclamação: Presidente – Francisco Fulgêncio Soren; vice-presidente – Francisco de Miranda Pinto; 1º.secretário arquivista – Américo Luciano Senna; 2º.secretário arquivista – Julião Magalhães Passos; tesoureiro – Theodoro Rodrigues Teixeira; secretário correspondente – A. B. Deter.

No Estatuto aprovado constava: “o seu fim é propagar e difundir, em nosso país, por todos os meios “lícitos” e “santos” o Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo, tal como se acha nas Escrituras, que são a nossa única regra de fé”. Sobre a 3ª. Assembleia da Sociedade Missionária Batista do Rio, escreve o Jornal Batista de 17.01.1907 que “houve nessa reunião anual, um espírito de santa harmonia cristã, igual ao que se manifestou na primeira sessão em que a Sociedade se fundou”. Crescemos muito de lá para cá e, é impressionante visitar e participar de cultos e nas atividades destas igrejas: muita diversidade em termos de liturgia, de organização e de administração e até na fidelidade às doutrinas bíblicas e batistas”.

Neste tempo de “JUNTOS PELA TRANSFORMAÇÃO DO RIO”, é mister que cada um de nós, pastores e igrejas, compartilhemos uns com os outros o nosso amor, o nosso ardor, os nossos corações, as nossas visões, a nossa bondade e os nossos recursos, mesmo que sejam proporcionalmente pequenos, para que realmente sejamos UM como Convenção Batista Carioca!

Estejamos unidos pela transformação de nossa cidade! Deus pode contar com cada um de nós? Desejemos e ajudemos uns aos outros a fazer de 2019 um ano de muita oração, muito trabalho e abundante colheita!

Entre o passado, onde estão as nossas recordações, e o futuro onde estão as nossas esperanças, existe o presente onde estão os nossos privilégios e responsabilidades! O nosso futuro não depende das nossas possibilidades presentes, mas da nossa decisão de transformá-las em desafios bem alicerçados no coração e na prática.

O que vislumbramos de imediato:
• O término do trabalho do GT Reestruturação e seus desafios a serem consolidados na aprovação da Reforma do Estatuto e Regimento Operacional nos dias 15/02/19 (19h) e 16/02/19 (09h às 16h) na IB. Méier;
• 100% dos pastores e igrejas treinados nos desafios da “Igreja Multiplicadora”, levando cada batista à pratica da evangelização discipuladora!
• Mais pastores, educadores, diáconos, músicos, mulheres, homens, jovens, adolescentes, juniores e crianças participando das suas organizações e redes afins!
• Mais vocacionados se preparando para cumprir o seu chamado e recebendo todo apoio dos seus pastores e igrejas!
• Mais missionários sendo usados por Deus na conquista de almas para Cristo em nossa cidade!
• Mais alunos em nosso Colégio Batista Shepard!
• Mais idosos sendo atendidos no LBA e mais irmãos e igrejas envolvidas nos ministérios sociais da JASC e das próprias igrejas!
• 100% das igrejas participando do Plano Cooperativo e levantando uma oferta para “Missões Rio”!
• Muitos outros irmãos participando do PAM-Rio!