Todo indivíduo carrega em sua personalidade traços da educação que recebe ao longo de sua vida, o que determina seu modo de pensar, agir e reagir diante das situações cotidianas. Quando pensamos na responsabilidade do ensino cristão, é necessário levar em conta esse fator determinante para que não nos esqueçamos do real e grande desafio do educador cristão que é marcar de modo tão profundo a vida daqueles a quem ele ensina de modo que possam ser transformados de dentro para fora, mudando não só a forma como se comportam no ambiente confortável da igreja, mas a maneira como agem na sua rotina, junto à sociedade.

Pensar no ensino cristão sem descartar as influências externas que afetam direta ou indiretamente o crente é possibilitar um ensino realmente transformador, que faz do indivíduo uma nova criatura apta a deixar “as coisas velhas” e pronto para viver o “tudo novo” que o evangelho traz para sua vida. Quando entendemos que essa é a essência da educação cristã, compreendemos a importância da presença do Educador Cristão como alguém que tem competências e habilidades para estruturar um programa que alcance pessoas com diferentes condições de aprendizagem, e que o fará comprometido com o ensino da Palavra de Deus.

No 3º domingo de outubro é comemorado em nossa denominação o Dia do Educador Cristão. Uma ótima oportunidade de reconhecer com homenagens aqueles que um dia ouviram o chamado do Senhor para dedicação ao ensino do seu povo, mas também para relembrar a importância deste ministério na casa de Deus e para despertar vocacionados que com toda certeza Deus tem levantado no meio da igreja. Uma oportunidade que deve ser bem aproveitada para envolver os crentes com o compromisso de prosseguir aprendendo, de convocar os que possuem o dom de ensinar para que façam com todo esforço e dedicação, de trazer à memória a Palavra que transforma, edifica vidas e que leva ao testemunho da graça salvadora de Deus.

Para o Educador Cristão, que esta data seja propícia para renovação vocacional. Que aproveite para avaliar seu trabalho e para agradecer pelo privilégio de servir com o ensino na obra de seu Senhor. Que seja obreiro aprovado, que maneje bem a Palavra da verdade e que não tenha do que se envergonhar. Que se mantenha em constante aprendizado para servir cada vez melhor aquele que lhe chamou. E que sinta-se reconhecido por sua dedicação e esforço, não desanimado, mas renovado para que prossiga para o alvo da soberana vocação.
Que este domingo seja do Senhor, tratando com sua igreja, sobre a nobre e relevante missão do Educador Cristão.

Priscila Mariano da Silva Mota
Educadora Religiosa; membro da IB Nova Canaã (RJ); Presidente da AERCBC; Professora do ICER (polo Padre Miguel e Bangu).