Começa nesta sexta-feira, dia 9, mais uma edição do projeto evangelístico Impacto de Carnaval. A mobilização, que atrai voluntários de várias partes do Brasil e do mundo, é uma realização da Convenção Batista Carioca, através de seu departamento missionário – Missões Rio. O dia de hoje será reservado à recepção de voluntários e à Vigília de Abertura, na PIB de Cascadura, às 22h.

Assim como no ano passado, o Impacto terá duas frentes de trabalho: uma de oração e outra de evangelização. A primeira se concentrará na Primeira Igreja Batista de Cascadura, com atividades de oração 24h por dia, com cerca de 50 pessoas se revezando em três turnos, durante todo o carnaval. A frente de evangelização será distribuída entre 10 bases-parceiras em todo o Estado do Rio de Janeiro. São elas: Niterói, São João de Meriti, São Gonçalo, Cascadura, Mangueira, Providência, Bangu, Vila Valqueire e Camarista Méier.

Até o momento, cerca de 150 pessoas estão inscritas. Mas, em se tratando da equipe de oração, as inscrições continuarão abertas até hoje, na PIB de Cascadura ou pelo site do projeto – www.impactodecarnaval.com.br . Além dos voluntários, há uma grande equipe de suporte, que cuida da alimentação, transporte e organização de equipes. Ao todo, são mais de 300 irmãos em Cristo envolvidos nessa maravilhosa programação missionária.

De acordo com o coordenador de Missões Rio, Pr. Ulisses Torres, o novo formato do Impacto de Carnaval visa o fortalecimento da igreja local. E nesse ano, a ação evangelística ganhou reforço, com a chegada da Convenção Batista Fluminense e a inclusão de suas bases de trabalho.

“A igreja local é a esperança do mundo. Vamos juntos, proclamar o evangelho e fortalecer as igrejas no Rio de Janeiro através da oração e obra missionária”, ressaltou o pastor.

Miguel Carvalho, da Igreja Batista Jardim de Arimateia (Mangueira), é o atual líder do Impacto de Carnaval. Há alguns anos ele vem participando de projetos evangelísticos no Rio de Janeiro e, no ano passado, recebeu o convite para coordenar a mobilização que, há mais de 20 anos, garante a presença dos evangélicos entre blocos de rua e no sambódromo da cidade com fins de propagação das Boas Novas.

As expectativas são sempre positivas, como ele mesmo afirma:

“Fico feliz e grato a Deus pela oportunidade de servi-lo. Estamos vivendo num mundo sem esperança, onde os valores se perdem e as pessoas se entregam aos seus desejos e o Impacto vem com a proposta de resgatar a vida, levando a esperança. A expectativa é de que todas as bases envolvidas neste projeto, as pessoas que se inscreveram, que estão dispostas a servir a Deus, sejam usadas pelo Senhor e que possamos ver o nosso estado transformado pelo Espírito Santo.”

Assumir a tarefa de liderar toda a estratégia não é fácil e Miguel está ciente disso. Apesar de reconhecer suas limitações frente ao desafio, ele ressalta que não abrirá mão de se encaixar nos propósitos de Deus.

“Ao assumir essa tarefa, meu coração se alegrou ao tempo em que fiquei temeroso pela responsabilidade. Mesmo que muitas vezes eu me sinta pequeno, sinto que o Espírito Santo me estimula a prosseguir para que eu não abra mão de estar nos projetos do Senhor Jesus. Estou disponível para servi-lo na coordenação ou em qualquer outra função na missão do Senhor”.

Fique conectado em nosso site e redes sociais. Em breve traremos novas informações sobre o Impacto de Carnaval 2018. Até o encerramento do projeto, contaremos com suas orações.

Impacto de Carnaval 2018
Base: PIB de Cascadura – Praça Arthur Azevedo 101 – Cascadura